"MY ASIAN MOVIES"マイアジアンムービース - UM BLOGUE MADEIRENSE DEDICADO AO CINEMA ASIÁTICO E AFINS!!!

quinta-feira, agosto 30, 2007

Estreia de "The Host - A Criatura" na Região Autónoma da Madeira


Estreia hoje na Ilha da Madeira o aclamado "blockbuster" coreano "The Host - A Criatura". O filme estará em exibição na sala 6 dos cinemas Castello Lopes, situados no "Madeira Shopping", com morada no Caminho de Santa Quitéria, nº 45 - Santo António, Funchal, com sessões às 13h.15m., 15h. 40m., 18h..20m. e 21h.10m. Nas Sextas e nos Sábados, existe uma sessão suplementar à meia noite em ponto.
Sinopse: "Os habitantes de Seul observam surpreendidos em plena luz do dia um estranho objecto pendurado na ponte do rio Han... na realidade, uma monstruosa criatura mutante, que ao despertar começa a devorar todos que cruzam o seu caminho. O dono de um quiosque à beira-rio contempla horrorizado como a besta captura a sua filha e a leva consigo. Enquanto o exército fracassa repetidamente nas suas tentativas de destruir o monstro, este homem simples de muita coragem e a sua família decidem empreender uma caçada por conta própria, na esperança da sobrevivência da menina." - Fonte: Castello Lopes
Aconselho àqueles que se encontrem na minha ilha a não perderem o filme, pois trata-se de uma película acima da média e com algum mérito (já o vi há algum tempo). No futuro, com certeza que merecerá uma crítica no "My Asian Movies".

2 comentários:

Ricardo disse...

Jorge,

Ver um filme é sempre uma experiência pessoal e, nesse sentido, sempre defendi que a gestão das expectativas em relação a um filme é fulcral para que essa experiência pessoal seja gratificante. Passo a explicar melhor, concretizando, quando vi este filme a ser promovido como o Alien do século XXI ou o novo Tubarão, acompanhado por excelentes críticas, coloquei a fasquia muito alta. Deste modo se as minhas expectativas fossem baixas até teria achado o filme bastante acima da média mas, dado o ponto de partida, a expectativa criada, confesso que sai algo decepcionado. Não estamos perante o Alien do século XXI, até porque o filme não assusta, e muito menos perante algo extremamente inovador. Não basta quebrar alguns clichés - não vou revelar quais para não alimentar spoilers - para tornar o filme original.

De positivo destaco a abordagem à família e à forma como estes interagiam. Também destaco as tentativas de fugir aos clichés. De resto, e talvez por causa da tal expectativa, achei o filme sofrivelmente banal.

Um abraço,

Shinobi disse...

Olá Ricardo!

Antes de tudo deixa-me dizer que já tinha saudades dos teus comentários bastante pertinentes aqui no meu estaminé.

Ricardo, sou obrigado a concordar contigo no que toca à publicidade exagerada em torno do filme. Tal elevou sem dúvida as expectativas de muitas pessoas. Eu nesse aspecto tive mais sorte, pois quando vi o filme em causa, o mesmo ainda não tinha estreado na Europa e assim escapei ao frenesim todo!

Sem querer adiantar muito, até porque tenciono fazer um texto no futuro e publicá-lo aqui, posso dizer que gostei de "The Host". Mas daí, eu já sabia que o filme não tinha quase nada de terror, sendo o monstro apenas um motivo para criticar a presença norte-americana na Coreia do Sul, para além de dar ênfase a um razoável drama familiar (tão ao gosto do cinema sul-coreano).

Abração!