"MY ASIAN MOVIES"マイアジアンムービース - UM BLOGUE MADEIRENSE DEDICADO AO CINEMA ASIÁTICO E AFINS!!!

terça-feira, novembro 17, 2009

“Testemunhos” de Ibirá Machado (“Cinema Indiano”)

Ibirá

O entrevistado desta semana é Ibirá Machado, o mentor de um dos espaços mais emblemáticos em língua portuguesa acerca de cinema indiano, que, passe a repetição, é o “Cinema Indiano”. A designação do blogue do Ibirá não é inocente, e serve para desmistificar um erro recorrente que eu próprio aqui já tentei esclarecer. O cinema indiano não se resume unicamente a “Bollywood”, que é a expressão que serve para nomear os filmes de dialecto hindi, sediados em Mumbai. É uma realidade muito mais vasta e que abrange vários tipos de industrias cinematográficas como “Kollywood”, “Tollywood”, entre outras. O canto do Ibirá esclarece estas questões e outras, pelo que aqueles que pretendam ter um conhecimento mais aprofundado deste tema e de mil e uma coisas relacionadas com os “cinemas” daquelas paragens, têm absolutamente de dar um pulo ao “Cinema Indiano”. O Ibirá é um verdadeiro conhecedor e apaixonado deste segmento da sétima arte, e isto nota-se na enorme variedade de assuntos que são tratados no seu espaço. Lá encontrarão críticas a filmes, orientações para bandas-sonoras, notícias, vídeos e muito mais.

Para acederem ao maravilhoso site do Ibirá, basta carregar na foto que ilustra esta entrevista. Aproveito para esclarecer que a mesma foi tirada em Nova Deli (sim, o Ibirá já esteve na Índia) numa popular festa indiana, chamada Holi, o festival das cores. Abaixo ficam as respostas que o Ibirá, amavelmente, acedeu a conceder ao “My Asian Movies”.

My Asian Movies”: O que achas que distingue genericamente a cinematografia oriental das demais?

Ibirá Machado : Acho que cada país possui uma estética própria que se manifesta em todas as possibilidades de artes, o que inclui o cinema. No caso do cinema que entendo melhor (além do cinema brasileiro), que é o cinema indiano, é evidente uma estética muito diferente em vários níveis, a começar pelo roteiro, passando pela própria cinematografia (maneira mesmo de filmar e editar), os cenários, o enredo, as músicas, enfim. De qualquer forma, eles também fazem o que podemos chamar de cinema de arte, ou seja, com uma estética mais ocidental (sobretudo europeia).

“M.A.M.”: O que te fascina mais neste tipo de cinema?

I.M. : A outra forma de ver o mundo, que não pelo prisma cartesiano do ocidente. No oriente, o padrão coletivo e uma visão mais sistêmica faz muita diferença em como as suas artes são expressadas. Isso é o que me atrai.

“M.A.M.”: Tens ideia de qual o primeiro filme oriental que visionaste?

I.M. : Não tenho a menor ideia. Filme indiano foi Asoka (2001), mas oriental em si... não sei. Vi muitos e muitos antes dos anos 2000.

“M.A.M.”: Qual o país que achas, regra geral, põe cá para fora as melhores obras? No fundo, a tua cinematografia oriental favorita?

I.M. : Eu sou muito suspeito a falar. Não acho que a Índia faça efetivamente os melhores filmes, mas é quem faz MAIS filmes, e isso é muito importante. A China produz obras maravilhosas, e mesmo o Japão também cria filmes que Deus do céu!

“M.A.M.”: E já agora, qual o género com o qual te identificas mais? És mais virado (a) para o drama, épico, wuxia, “Gun-fu”...

I.M. : Ah... pra mim o filme tem que ser original, bem feito e cativar o espectador. O seu gênero em si não faz muita diferença pra mim. Pode ser de terror, pode ser de amor, pode ser suspense ou de ninjas; sendo bem feito, recomendo a todos :)

“M.A.M.”: Uma tentativa de top 5 de filmes asiáticos?

I.M. : Ui, que difícil! Vou fazer uma lista dos meus filmes indianos preferidos, porque acho que terei muita dificuldade de incluir na lista filmes de outros países asiáticos que também considero fantásticos, mas que são tão diferentes... bom, lá vai:

Taare Zameen Par (2007)

Rang De Basanti (2006)

The Terrorist (1999)

Jodhaa Akbar (2008)

Black (2004)

“M.A.M.”: Realizador asiático preferido?

I.M. : Aamir Khan

“M.A.M.”: Já agora, actor e actriz?

I.M. : (Não gosto disso, pois sinto-me obrigado a restringir algo que talvez eu internamente não restrinja, mas vamos tentar)

Aamir Khan e Aishwarya Rai

“M.A.M.”: Um filme oriental sobrevalorizado e outro subvalorizado?

I.M. : Dentro do cinema indiano, acho que Devdas (2002) é muito sobrevalorizado, e já disse isso no meu blog. E The Terrorist (1999) é um que, a meu ver, mereceria muito mais destaque.

“M.A.M.”: A difusão do cinema oriental está bem no teu país, ou ainda há muito para fazer?

I.M. : Em São Paulo temos bons acessos a filmes orientais, mas não aos indianos. Nenhum filme indiano jamais veio aos cinemas brasileiros, embora alguns possam ser encontrados em vídeolocadoras. Minha luta hoje é quebrar o paradigma de que filme indiano é ruim e abrir uma porta para que eles entrem no Brasil oficialmente.

“M.A.M.”: Que conselho darias a quem tem curiosidade em conhecer o cinema oriental, mas sente-se algo reticente?

I.M. : Antes de tudo, nem sei porque alguém deveria ter reticências com qualquer tipo de cinema. Ninguém nesse mundo deveria pensar que somente Estados Unidos e Europa sabem fazer filmes. O ser humano faz filmes, isso é o que deveria importar a todos. E assim todos deveriam conhecer o que o ser humano produz, independentemente da origem. Não?

19 comentários:

Ibirá Machado disse...

Obrigado, Jorge, pela excelente ideia deste espaço e por convidar-me a responder esta entrevista!

Abração!

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

De nada, Ibirá!

Para mim foi um grande prazer entrevistar-te!

Grande abraço!

hg disse...

"Quebrar" fronteiras e dar a conhecer outras culturas através do cinema.
Excelente entrevista.

H. disse...

Cinema indiano... uma das minhas grandes lacunas. Acho que conto pelos dedos os filmes indianos que vi até hoje (shame on me). Todos eles eram bastante bonitos, cada um à sua maneira.

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

Hg,

Também achei! A entrevista emana muita energia positiva :) !

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

Olá, H.!

Vais sempre a tempo de começares a ver mais alguns. O blogue do Ibirá Machado é uma excelente referência informativa para te orientares.

Bjs.!

Dewonny disse...

Achei muito legal a entrevista, tbm gosto muito de cinema indiano, comecei a da mais atenção de uns 3 anos pra cá, portanto, são poucos os filmes q assisti, cerca de uns 30..da lista do top 5 do entrevistado vi apenas "Black" e "Jodhaa Akbar", gostei muitos de ambos!
Abraço! Diego!

Miguel disse...

Muito esclarecedoras e interessantes as entrevistas. Fiquei com curiosidade sobre o cinema indiano, depois de alguma desmotivação após ver dois filmes essencialmente musicais, a par do género de terror aquele que menos me atrai. Vou voltar a arriscar.

barbie-o disse...

Também gostei da entrevista :)

E o blog do Ibirá é sem dúvida um dos mais interessantes que conheço.

Ibirá Machado disse...

:)

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

Diego: É continuar a ver cada vez mais filmes da Índia, pois a industria tem muita coisa boa para admirar.

Miguel: Regra geral, todos eles têm números musicais, mas existem umas obras com uma excelente qualidade. Experimenta ver por exº "Rang De Basanti". Acho que vais gostar bastante deste.

barbie-o: É um blogue espectacular!

Cumps. a todos!

Nuno disse...

Uma entrevista que me fará ver mais filmes indianos. É sem dúvida um dos cinemas asiáticos que menos conheço, mas também é dos que menos disponíveis estão à venda em Portugal. Para além dos de Mira Nair, da Triologia de Apu (de SatYajit Ray) e de Asoka, poucos mais vi. Ibirá Machado fez despertar em mim essa curiosidade, para além de ter um blogg excepcional que me ajudará nas futuras escolhas de filmes indianos. Parabéns

Um abraço

Carol disse...

Ibirá,ótima entrevista!Aeeeeeeee! ^^

O cinema indiano é pouco conhecido e reconhecido.Aqui no Brasil sempre há umas reportagens mostrando o quanto os filmes são ridículos e cheios de dancinhas,mostrando a indústria cinematográfica de todo um país(enorme,por sinal) como apenas Bollywood(que também tem filmes geniais).Enfim,vale muito a pena procurar os filmes indianos.

Prefiro não falar mais de Devdas,cansei.He,he.

Ibirá Machado disse...

Nuno, obrigado e espero que eu não tenha criado expectativas que não se cumpram pra você!

Carol, sua presença já é obrigatória na divulgação do cinema indiano! Obrigado!

Profª Sandra disse...

Ai que orgulho de te ver aqui no "My Asian Movies" Ibira querido!
Conheco bem esta foto que o Jorge usou hahahahaha :)
So hj tive tempo de ler tudo com carinho e na integra.

Ibirá Machado disse...

Sandra, você é a culpada por este aspecto tão... tão... colorido desta foto! :D

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

Eh, eh, eh!

:))))))!

tf10 disse...

Este foi um testemunho muito ao jeito de um verdadeiro nicho de mercado!

Jorge Soares Aka Shinobi disse...

O Ibirá é um verdadeiro apaixonado do cinema, mas sobretudo da cultura indiana :) !