"MY ASIAN MOVIES"マイアジアンムービース - UM BLOGUE MADEIRENSE DEDICADO AO CINEMA ASIÁTICO E AFINS!!!

sábado, agosto 18, 2007

Butterfly and Sword/Xin liu xing hu die jian (1993)

Origem: Hong Kong

Duração: 93 minutos

Realizador: Johnny Mak

Com: Michelle Yeoh, Tony Leung Chiu Wai, Donnie Yen, Joey Wong, Jimmy Lin, Elvis Tsui, Chung Wah Tou, Chuen Chun Yip

"Butterfly e Meng Sing Wan"

Estória

“Butterfly” (Joey Wong) é uma bonita rapariga, que se encontra tremendamente enamorada por “Meng Sing Wan” (Tony Leung Chiu Wai), vivendo ambos numa casa à beira-rio, perante um cenário idílico. “Butterfly” odeia tudo o que tenha a ver com o mundo das artes marciais, devido ao assassínio do seu pai, um grande mestre. A jovem está convencida que “Meng” é um mercador honesto, que nada percebe de luta.

Na realidade “Meng” é um assassino extremamente dotado no domínio das artes marciais, e que faz parte de uma organização conhecida como “Floresta Feliz”, liderada por “Sister Ko” (Michelle Yeoh). “Ko” está apaixonada por “Meng”, mas não é retribuída, pois este encara-a como uma irmã mais velha, além de gostar bastante de “Butterfly”. Como se não bastasse, “Yip Cheung” (Donnie Yen), outro membro da organização e o melhor amigo de “Meng” ama “Ko”, mas não tem coragem para lhe confessar os seus sentimentos, pois sabe que esta só tem olhos para “Meng”.

"Sister Ko"

Entretanto, o eunuco “Tsao” (Chung Hua Tou) incumbe “Ko” de uma missão muito delicada, que consiste em furtar um pergaminho que foi dado pelo eunuco “Li”, o grande rival de “Tsao”, ao mestre “Suen” (Elvis Tsui). “Ko” consegue introduzir “Meng” como espião na organização de “Suen”.

A partir daqui, inicia-se uma luta feroz pelo domínio do mundo das artes marciais, assim como pela conquista da pessoa amada.

"Meng e Ko prontos para a luta"

"Review"

Quando acabei de visionar “Butterfly and Sword” só pensei o seguinte:

“Ainda bem que este filme foi de borla!!!”

Já há muito tempo que tinha intenções em conferir esta película, pois além de ser um “Wuxia” (vocês sabem que tenho um fraco por este género), encontrava-se dotada de um elenco de luxo, com quatro nomes grandiosos da cena de Hong Kong, a saber, Tony Leung Chiu Wai, Michelle Yeoh, Donnie Yen e Joey Wong. Um belo dia, estava eu com um dinheirinho extra, a fazer as costumeiras deambulações pelo “Yesasia”, e como tinha adquirido três filmes, estive logo habilitado a escolher um quarto de graça, de uma lista pré-selecionada. Eu por acaso até tenho tido sorte nestas escolhas, pois todas as longas-metragens que tenho adquirido através desta promoção, têm revelado ser de boa ou até mesmo excelente qualidade. Mas como a sorte não dura sempre, lá teria de chegar o dia em que escolheria um filme “rasca”.

Como já disse em cima, “Butterfly and Sword” possui um elenco composto de nomes inultrapassáveis da cena de Hong Kong. Pergunta-se agora:

“Como é que estes grandes actores podem oferecer interpretações tão pobres, roçando por vezes o amadorismo?”

"Ko em acção"

Joey Wong parece uma menina tonta sem substância nenhuma; Donnie Yen não tem mesmo jeito para desempenhar papéis em que tenha de revelar alguma fragilidade emocional; Tony Leung Chiu wai, o meu actor preferido daquelas paragens, quase que me matava de ataque cardíaco; salva-se minimamente Michelle Yeoh, que ainda conseguiu introduzir algum “glamour” e réstia de boa representação na personagem “Sister Ko”.

O argumento é péssimo, e contribui decisivamente para a má prestação dos consagrados acima referidos. Uma estória fútil, sem ponta por onde se lhe pegue, contada à pressa e com uma abordagem inconsequente. Existem situações em que não conseguimos perceber a razão para tal – bem que me fartei de usar o botão “pause” e o “rewind” do meu leitor de dvd – outras em que até estamos interessados em saber mais, mas irritantemente vedam-nos esse prazer a 100 à hora! As legendas a uma velocidade extrema também não ajudam nada!

No entanto, no meio de tanto desnorte, sempre se salva alguma coisa por pouco que seja. As cenas de luta, embora eivadas por vezes de alguma confusão, denotam espectacularidade, não fossem as mesmas dirigidas pelo consagrado realizador e director de acção Ching Siu Tung, autor das coreografias de vários filmes emblemáticos tais como “Duel to the Death”, “A Chinese Ghost Story”, “A Better Tomorrow II”, “New Dragon Gate Inn”, Swordsman II”, The Duel”, “Shaolin Soccer”, “Herói”, O Segredo dos Punhais Voadores”, “The Curse of the Golden Flower” ou “Dororo”. O homem está praticamente em todas. Não consigo imaginar melhor cartão de visita!

“Butterfly and Sword” é um filme mediocre, que não deixará saudades a ninguém!

"Yip Cheung e Ko"

Trailer, The Internet Movie Database (IMDb) link

Avaliação:

Entretenimento - 8

Interpretação - 6

Argumento - 5

Banda-sonora - 7

Guarda-roupa e adereços - 7

Emotividade - 7

Mérito artístico - 7

Gosto pessoal do "M.A.M." - 5

Classificação final: 6,50





2 comentários:

Takeo Maruyama disse...

Finalmente alguém concordou comigo acerca desse filme. Uma obra muito pretensiosa, mas que na verdade não chega nem a ser medíocre, é pior que isso! Nem as lutas se salvam...

Shinobi disse...

Eh, eh, eh! De facto o filme não vale grande coisa, embora reconheça que houve pormenores de algumas lutas que até gostei.

De qualquer forma, é uma película muito fraca...

Abraço!