"MY ASIAN MOVIES"マイアジアンムービース - UM BLOGUE MADEIRENSE DEDICADO AO CINEMA ASIÁTICO E AFINS!!!

quinta-feira, março 13, 2008

Concurso - 27ª imagem


Qual o filme a que corresponde esta imagem? Vale 1 ponto. Regras AQUI e prémio AQUI.

13 comentários:

blueminerva disse...

Alguém está a precisar de umas aulas de manicure... digo eu.

Mais uma vez, passo por cá para pôr a nú (salvo seja) a minha total ignorância nesta temática. Qualquer dia o Shinobi aborrece-se e sou expulsa. Vadiagem em propriedade privada não é bonito.
Aquele abraço

Shinobi disse...

Eh, eh, eh! No aspecto da manicure, concordo plenamente!

Quanto ao resto, discordo 1000%!!! É um aspecto que não merece discussão! Este blogue já está habituadíssimo aos comentários da blueminerva! E acha-lhes imensa piada :) !

Outro!

Su disse...

opssssssss mas o que é isto...ácidoooooooooooooooooooo

estou a pensar no nome do filme....pensando..pensando......
espera......elevo o pensamento aos cosmos..............e...e.....

"o sem unhas"..ufaaaaaaaaaaaaa

jocas maradas

Shinobi disse...

Lolol! O "My Asian Movies" também já está habituado aos comentários da divertidíssima Su! Lamento informar, mas não está correcto!

No entanto, dava um título apropriado à imagem :) !

Beijinho!

Nilton disse...

"The Ring"

Shinobi disse...

Está certo Nilton!

1 ponto para ti!

Abraço!

Su disse...

the ring??????????? numa mao assim....sem unhas e tudo.............

traumatizeiiiiiiiiiiiiiiiii

..mas onde está o menino ninja??

para dizer se sim.......se não------


aiii que stresss

Su disse...

ops ao mm tempo.....pois tb deveria haver premios para estas coincidencias,,,,,

agora sff de explicar q filme é esse....:))))))))))))

merci

jocas maradas

Shinobi disse...

É verdade, Su, comentamos ao mesmo tempo! Pelos vistos também estamos em sintonia :) !

"The Ring" ou "Ringu" é um conhecido filme de terror japonês, que viria a ser alvo de um remake americano com a actriz Naomi Watts.
Esta película foi a que popularizou a figura de um espectro rapariga, de cabelo bastante comprido e negro, da qual nuca se vê a cara.
A figura é bastante popular e inclusive foi alvo de uma sátira no filme "Scary Movie" (qual deles não sei).
Se quiseres saber mais, podes ir à secção "Japão" do meu blog e ler o texto correspondente ao filme.

'jinhos!

Nilton disse...

"The Grudge" de 2004 é melhor como filme de terror puro mas o "The ring" tem um argumento mais inteligente e a estória estar melhor desenvolvida, é em suma um filme superior.
Não vi o "The grudge" original mas disseram-me que a versão de 2004 com elenco misto (actores norte-americanos e japoneses) é superior, e para mim é fácil acreditar.Basta pensar no que sente um ocidental num país onde poucas pessoas falam inglês, e perceber como estamos isolados e sós.É o medo em estado puro.
Um abraço.

Shinobi disse...

Regra geral gostei mais do "The Ring" que "Ju-on", a versão japonesa.
Eu não vi o "The Grudge", o remake, portanto não posso opinar acerca deste aspecto.
Agora, reparei que no IMDb, a versão japonesa está com uma nota de 6.5 para os "users", enquanto que a versão americana está com uma nota de 5.7. Tal constitui para mim um motivo de satisfação :) !

Abraço!

Nilton disse...

Caro Shinobi
Concordo contigo.Os remakes são regra geral uma desilusão, mas a versão de 2004 do filme "Ju-on" não envergonha o original.O filme foi realizado no Japão pelo mesmo realizador e elenco (na sua maioria).A inclusão da familia americana é muito eficaz num filme de terror.Não te esqueças que são estrangeiros num país estranho e culturalmente muito diferente.
Este remake nunca se poderá comparar com a versão americana do filme "il mare", esse sim um filme dispensável.
PS:Uma sugestão de critica.O filme "Lost in Translation" na rubrica Cunho da Ásia.O filme é ilegivel para critica nesse segmento.
Um abraço.

Shinobi disse...

Pela tua defesa de "The Grudge", fiquei curioso, pelo que muito provavelmente irei ver o filme :) !
Embora noutros "posts" tivesse havido pessoas a defender o remake de "il mare",mantenho a minha posição de que o original é muito melhor!

Fica a sugestão da crítica do "Lost In Translation", afirmando desde já que cabe perfeitamente na rúbrica "Cunho da Ásia". Mais cedo ou mais tarde, pontificará neste espaço!

Grande abraço!