"MY ASIAN MOVIES"マイアジアンムービース - UM BLOGUE MADEIRENSE DEDICADO AO CINEMA ASIÁTICO E AFINS!!!

sábado, novembro 15, 2008

Realizador Asiático Preferido - Votação

Apresento-vos mais um realizador asiático, sujeito ao vosso escrutínio no quadro de votações mais abaixo à direita. Não custa relembrar que podem escolher mais do que uma opção, antes de clicarem e submeterem o(s) vosso(s) voto(s). Igualmente podem sugerir outros nomes para serem postos a votação.
Johnny To
Filmografia enquanto realizadores (caso exista alguma crítica, o título estará assinalado a cor vermelha. Para aceder ao texto , basta clicar):
  1. The Enigmatic Case (1980)
  2. Happy Ghost III (1986)
  3. Seven Years Itch (1987)
  4. The Eighth Happiness (1988)
  5. The Big Heat (1988)
  6. The Fun, the Luck & the Tycoon (1989)
  7. Iron Butterfly, Part 2: See No Daylight (1989)
  8. All About Ah Long (1989)
  9. The Story of My Son (1990)
  10. The Royal Scoundrel (1991)
  11. Justice, My Foot! (1992)
  12. Lucky Encounter (1992)
  13. Casino Raiders II (1993)
  14. The Bare-Footed Kid (1993)
  15. The Heroic Trio (1993)
  16. Mad Monk (1993)
  17. Executioners (1993)
  18. Loving You (1995)
  19. A Moment of Romance III (1997)
  20. Lifeline (1997)
  21. A Hero Never Dies (1998)
  22. Where a Good Man Goes (1999)
  23. Running Out of Time (1999)
  24. The Mission (1999)
  25. Help!!! (2000)
  26. Needing You...(2000)
  27. Wu yen (2001)
  28. Love on a Diet (2001)
  29. Fulltime Killer (2001)
  30. Running Out of Time 2 (2001)
  31. Fat Choi Spirit (2002)
  32. My Left Eye Sees Ghosts (2002)
  33. Love for All Seasons (2003)
  34. PTU - Police Tactical Unit (2003)
  35. Turn Left, Turn Right (2003)
  36. Running on Karma (2003)
  37. Breaking News (2004)
  38. Throw Down (2004)
  39. Yesterday Once More (2004)
  40. Election (2005)
  41. Election 2 (2006)
  42. Exiled (2006)
  43. Triangle (2007)
  44. Mad Detective (2007)
  45. Linger (2008)
  46. Sparrow (2008)

4 comentários:

Takeshi disse...

Olá Jorge! Faz um tempo que não comento por aqui, mas pelo o que eu observei, você inovou muito no seu blog com informações interessantíssimas de diretores (realizadores), além das fotos das beldades asiáticas. Atualizações também são freqüentes. Está mesmo de parabéns. Você já participa de comunidades no Orkut, Hi5, já ouviu falar do Oyo? (http://www.oyo.com.br/), neste espaço há mais enfoque nos gostos de filmes, seriados, livros das pessoas. Falta muito conteúdo sobre cinema asiático por lá.

Shinobi disse...

Olá Takeshi!

Antes de tudo, bem-vindo novamente aqui aos comentários do blogue. Efectivamente acrescentei alguns conteúdos aqui no blogue pois pretendo que ele continua a ser cada vez mais um espaço dinâmico, com actualizações frequentes. Eu gostaria de ter mais tempo para me dedicar a este espaço, mas infelizmente tal não é possível.
Quando puder dou um pulo à comunidade que mencionou!

Um abraço!

tf10 disse...

O To é dos realizadores que mais acompanhei até hoje e isso deve-se ao facto de ser não só um realizador extremamente prolífico mas também à facilidade com que os seus filmes ficam disponiveis e tendo em conta esses elementos ele é para mim uma espécie de Miike versão HK! E como acontece com o Miike, além da quantidade e do eclectismo (ou por isso mesmo) também a amplitude da qualidade dos seus filmes é grande! Dos filmes de inicio de carrreira - dos mais variados géneros - não conseguiu nada de particularmente memorável, indo desde perfeitas parvoíces como "The Eight Happiness" até coisas mais interessantes como "All About Ah-Long" (embora aquele final.......) ou o tresloucado "The Heroic Trio".
Um aspecto que eu acho que ajudou o To a elevar o nivel foi a criação da Milkyway. Ainda que alternasse os seus melhores filmes com a sua faceta mais convencional (comercial) com coisas como "Needing You", "Fat Choi Spirit", "Turn Left, Turn Right", "My Left Eye Sees Ghosts", "Yesterday Once More" até ao seu mais recente desastre "Linger" - mais uma vez entre comédias/românticas e dramas duvidosos - o que é certo é que estes eram "intervalos" entre alguns dos seus mais fantásticos filmes.
"Throw Down" e "Running On Karma" são nessa fase dois filmes peculiares, o primeiro (estranhamente) pela negativa, o segundo um empolgante mix de géneros que é um bom exemplo do trabalho complementar da dupla formada com o seu camarada Ka-Fai Wai com quem partilha outros belos filmes e que dá sempre um toque especial aos argumentos. Depois, coisas como "A Hero Never Dies", "Where a Good Man Goes", "Breaking News" (aquela intro inacreditável!), "Fulltime Killer", "Running Out of Time" são bons ensaios para aqueles que viriam a ser os meus favoritos. "The Mission" (e a mitica cena do centro comercial!), "PTU", os dois sensacionais "Election", "Exiled" e o próprio "Mad Detective" são exemplos dos mais brilhantes crime/thrillers saidos de HK nos últimos tempos! Essa sua faceta mais autoral e experimental sobretudo nestes filmes mais sombrios onde sobressai a sua apurada estética é de facto admirável! Então particularmente desde o primeiro "Election" ele está numa forma incrivel (com um acidente de percurso chamado "Triangle" onde só tem 1/3 da culpa) e até neste seu último "Sparrow" conseguiu fazer um dos seus melhores trabalhos fora desses exímios e obscuros thrillers. E parece-me que é devido a essa forma que finalmente lhe começam a dar atenção como reflecte a edição do "Mad Detective" por uma label tão importante.......já não era sem tempo.......
Por último não podia deixar de referir o seu gang que o acompanha em tantos dos seus filmes (nomeadamente nesta mais recente vaga) e que são alguns dos meus favoritos de hk sendo sempre um prazer reve-los em trabalhos do To, como Simon Yam, Lam Suet, Lau Ching Wan, Louis Koo, Nick Cheung, até o "tio" Wang Tian-lin, entre outros :) Que maltosa!
Vem ai mais um To + Lau Ching Wan que será certamente a não perder!

abraço!

Shinobi disse...

Muito bem, tf10!

Estou a ver que temos aqui um verdadeiro conhecedor, entre bastantes outros autores, do trabalho de Johnny To. Pessoalmente admiro bastante este realizador, sendo porventura um dos meus preferidos de HK. Um dos aspectos que aprecio bastante no trabalho de To é a versatilidade e o eclectismo que tu tão bem abordaste no teu texto.

Quanto à minha obra preferida de To, é complicado estar a tomar partidos, mas gosto bastante do seu trabalho mais recente, corporizado nos "Election's" ou em "Exiled" por exemplo ("Mad Detective" tenho-o na prateleira a aguardar visionamento).
No que concerne aos seus trabalhos mais antigos, mencionaste um filme que me é muito caro "All About Ah Long".

Grande abraço!